Copywriting: o que é e como te faz vender mais na internet

Copywriting: o que é e como te faz vender mais na internet

Copywriting é uma técnica de escrita que tem como principal objetivo convencer o público a realizar uma determinada ação, como comprar um produto ou serviço.

Seja qual for a ação de interesse da empresa, o Copywriter - profissional o qual realiza a criação da Copy - irá trabalhar em cima dela, buscando a melhor maneira de convencer sua persona a fazer algo, seja assinar uma newsletter ou consumir o um produto. Isso é o que chamamos de Copywriting.

Mas como essa técnica de marketing pode te ajudar a vender mais? Isso é bastante simples.

Capaz de ser desenvolvido e aplicado em qualquer formato e plataforma, esse elemento do marketing é capaz de transformar o “não” de um possível lead em um “sim” de cliente.

Agora para você saber mais sobre o Copywriting, vamos mostrar um pouquinho sobre como ele surgiu.

A história do Copywriting

Apesar de ter se popularizado dentro do marketing digital, o Copywriting é uma técnica que já existe há aproximadamente 200 anos.

Mencionada pela primeira vez em 1828, por Noah Webster, o Copywrite pode ser traduzido como uma produção original que deve ser imitada na escrita e na impressão. Ou seja, um item autoral que será publicado na imprensa.

Mesmo que essa tradução tenha caído em desuso por conta do tempo, o termo se manteve famoso entre jornalistas e publicitários que trabalham na área.

Afinal, foi deste meio que nasceu o copywriting

Contudo, hoje com a revolução tecnológica que habilitou a possibilidade do surgimento do marketing digital, o copywriting se transformou e se adaptou às plataformas virtuais.

Redação Publicitária X Copywriting

É importante ressaltar que o Copywriting não deve ser confundido com a redação publicitária

Isso se dá porque ambas têm objetivos diferentes.

A verdade é que enquanto o Copywriting trabalha em cima da persuasão para gerar vendas, a redação da publicidade é muito mais descritiva-informativa.

O Copywriting tem como sua principal característica CTAs (chamadas para ação), como: compre agora, invista no seu futuro clicando aqui, saiba mais, entre outras infinitas possibilidades.

Afinal ele está buscando uma determinada atitude do lead, então precisa instruí-lo sobre como fazer.

Enquanto isso, a redação publicitária terá como uma de suas maiores características o Marketing de Conteúdo

Isso significa que na redação geralmente haverá um foco em conteúdo de valor. Este o qual geralmente não irá contar com nenhum CTA. 

Contudo, apesar de não poderem ser confundidas não significa que ambas não possam trabalhar juntas. A verdade é que para que você consiga alavancar o seu negócio será necessária uma estratégia que abrace ambas técnicas.

Para fazer isso serão necessários conhecimentos mais aprofundados sobre um dos principais elementos do Copywrite: os gatilhos mentais.

Gatilhos Mentais

Os gatilhos mentais são eventos ou circunstâncias externas que despertam sensações emocionais e psicológicas nas pessoas.

Ao falar de emoções, sabemos que elas podem ser positivas ou negativas. E com gatilhos mentais é possível influenciá-las a favor do seu negócio.

O tempo das pessoas está cada vez mais curto. Isso significa que os gatilhos mentais podem ser uma ferramenta poderosa quando utilizada em sincronia com o Copywriting. Especialmente na hora de chamar atenção do público.

Apesar de poder soar como algo maléfico, estes gatilhos tendem a transformar a experiência do usuário em uma experiência muito mais profunda e agradável.

Trazendo diversas sensações positivas como conforto, paz, alegria, calma e motivação.

Confira agora os principais responsáveis por despertar sensações que levarão o seu público de lead a consumidor.

  • Escassez: um dos mais famosos é o gatilho da escassez e urgência. Ele gera a sensação de que o cliente pode estar perdendo uma oportunidade única na vida.

A melhor forma de utilizar este princípio é por meio de promoções e venda de produtos limitados.

Gere uma necessidade que só poderá ser sanada naquele momento. Ou seja, um sentimento de agora ou nunca.

  • Novidade: o fato de que as pessoas adoram uma novidade já é notícia velha. Por isso, o gatilho da novidade é tão importante.

Segundo pesquisas neurológicas, experienciar algum produto ou serviço novo aumenta a liberação de dopamina no cérebro.

Isso significa que ao adquirir coisas novas as pessoas têm uma forte sensação de recompensa. 

Este fenômeno é o que nos incentiva, por exemplo, a trocar de celular quando um modelo novo lança, mesmo que o antigo ainda não tenha parado de funcionar.

E quando falamos de criação de copys, o ideal é desenvolver materiais exclusivos como anúncios falando sobre algum lançamento ou upgrade.

Faça este tipo de conteúdo de tempos em tempos para manter seu público sempre engajado e suas vendas sempre no topo.

  • Prova social: este gatilho trabalha diretamente com o nosso fator psicológico mais básico. 

Aquele que aponta o ser humano como um ser social que é constantemente influenciado pelo o que os outros dizem, fazem ou usam.

Geralmente nós gostamos daquilo que os outros gostam e consumimos o que consomem. 

Por isso, sempre adicione uma sessão de mais vendidos aos seus negócios. Além de, claro, inserir porque aqueles produtos e serviços são tão requisitados.

Implemente este elemento simples as suas vendas e você pode se surpreender com o resultado.

  • Autoridade: aqui a estratégia exige que você posicione o seu negócio como o líder do mercado no seu segmento.

Uma das melhores maneiras de fazer isso é através do marketing de conteúdo. Por meio dele você terá um conteúdo de valor que mostrará sua empresa como uma especialista no assunto.

Contudo não esqueça que ao falarmos de posicionamento, toda a estrutura interna da organização importa.

Então deixe todos claramente conscientes e alinhados sobre quem é a empresa.

  • Reciprocidade: sabe quando alguém faz algo sem pedir nada em troca, mas você se sente em débito com esta pessoa de qualquer maneira?

É mais ou menos assim que este gatilho funciona. Ele irá trabalhar em algo para dar ao público sem pedir nada em troca, para que em algum momento este se sinta com vontade de retribuir.

Neste momento ele irá atrás do produto ou serviço oferecido.

As melhores maneiras de utilizar este elemento é por meio de conteúdos de valor, como postagens em blogs e brindes em compras.

Agora que você conhece alguns dos mais famosos gatilhos mentais, use-os com sabedoria integrados ao seu copy. Utilize uma linguagem direta somada a um gatilho mental e trabalhe bem sua persona.

Assim, a garantia de um conteúdo de sucesso é quase certa! Tudo depende se você irá seguir as dicas a seguir.

7 Dicas para ser um Copywriter de sucesso

  1. Fale a verdade e somente a verdade: sua principal arma serão seus argumentos, por isso você deve ter credibilidade.

Persuadir é diferente de mentir. Na verdade, a persuasão envolve ter argumentos tão bem fundamentados que irão de fato convencer sua persona a realizar uma ação.

Seja criativo, mas sempre realista. 

  1. Saiba do que está falando: conteúdos rasos, desconexos e muito repetitivos tendem a não ir para frente. Nem de forma orgânica e nem com anúncios pagos.

Por isso tenha domínio do assunto sobre o qual você quer vender. Isso trará destaque às qualidades certas do seu produto e deixará o público satisfeito.

Convença a si mesmo para enfim conseguir persuadir seu lead.

  1. Seja direto: o equilíbrio em um copy é essencial. Ele não deve ser muito longo e nem complexo, deve ser objetivo e claro. 

Utilize as palavras certas para o seu público e não se prolongue demais.

Tome cuidado, o simples não quer dizer simplório. Seu texto deve suprir as necessidades da persona pré-estabelecida.

  1. Traga reflexões: fazer perguntas é uma ótima forma de aproximar você do seu público e capturar de vez a atenção para o material.

Adicione pequenos questionamentos nos seus futuros conteúdos e observe o resultado.

  1. Tenha fontes: ao utilizar dados e números, você traz credibilidade e valor às suas informações.

As fontes são uma forte ferramenta no momento da persuasão, então não deixe de fazer algumas pesquisas antes de construir seus conteúdos.

  1. Conheça sua persona: um dos fundamentos mais básicos do marketing é o público, por isso conhecê-lo é essencial.

Após saber exatamente quem é seu público-alvo, você deve desenvolver a sua persona. O chamado cliente ideal. Ele é um personagem fictício criado com base em informações de clientes reais.

Por isso, é muito importante que você tenha sempre em mente sua persona quando for criar seus materiais.

  1. Dê algo em troca: antes de pedir algo para o seu público o ideal é oferecer algo “a mais”. Por exemplo: se você pretende pedir dados, ofereça algum material exclusivo que só pode ser recebido por e-mail.

Agora que você já está aprofundando seus conhecimentos sobre como essa complexa ferramenta de marketing funciona, chegou o momento de descobrir alguns erros que devem ser evitados.

3 erros comuns de Copywriters

Antes de tudo, é sempre importante relembrar que a prática leva a perfeição. Por isso, a principal forma de evitar erros é estudando e praticando sua escrita.

Não se martirize por cometer pequenos erros no começo. Eles irão acontecer. Porém, existem alguns que nós podemos ajudar você a evitar logo de cara. Confira!

  • Textos monótonos: lembre-se que seu leitor quer ler algo interessante e instigante.

Mesmo que o tema do seu material seja complexo e difícil, você deve ser criativo e dar brilho e ritmo ao texto. Caso contrário, pode perder um lead permanentemente.

  • Exageros: a hipérbole não é a melhor amiga do Copywriting. Não exagere ao falar sobre os benefícios e qualidades de produtos e serviços.

Você deve valorizá-los, claro, mas faça isso somente com base nas características reais do item.

  • Deixar a revisão de lado: sempre que um material não revisado é publicado, está arriscando a reputação de um negócio.

Nunca deixe de revisar seus trabalhos para evitar qualquer possível gafe que possa estar presente no conteúdo.

Afinal, quem nunca viu conteúdos que foram postados com erros e viralizaram por causa disso?

Conclusão

Enfim chegamos ao momento no qual você pode começar a desenvolver seus próprios materiais.

Alinhe seu objetivo, defina sua persona e comece o seu primeiro rascunho. Adicione gatilhos mentais que têm relação direta com o seu conteúdo e crie CTAs interessantes que mantenham o público engajado.

Ainda quer saber mais sobre estratégias de marketing digital que irão ajudar o seu negócio a crescer? Clique aqui e confira!

Siga nosso INSTAGRAM

Veja mais conteúdo

Solicite agora um orçamento do seu site focado em vendas

Obrigado pela sua mensagem. Em breve retornaremos o contato.
Erro. Favor verifique a sua conexão com a internet e envie novamente.

Outros serviços

material gráfico

Material Gráfico

serviços  marketing digital

Marketing Digital

serviços manutenção de sites

Manutenção de sites

serviços e-commerce

Sites E-Commerce

serviços google

SEO e Anúncios Google

Cases

Solicite agora um orçamento que atende suas necessidades

Obrigado pela sua mensagem. Em breve retornaremos o contato.
Erro. Favor verifique a sua conexão com a internet e envie novamente.