SEO para sites: como otimizar o site para o Google e outros

SEO é a sigla para Search Engine Optimization. Traduzindo, seria algo como Otimização para Motores de Busca (ou apenas buscadores). Se trata de um conjunto de técnicas que devem ser feitas a fim de informar aos buscadores que seu site é o resultado que deve ser exibido de acordo com a pesquisa realizada. Agora você irá aprender a otimizar seu site para o Google e outros buscadores com SEO para sites.

Através do site, você pode alcançar bons rankings orgânicos, gerando tráfego e autoridade para seu site ou e-commerce.

Neste artigo usaremos o Google como principal referência para dar dicas de SEO para sites, mas para os outros buscadores o processo é muito semelhante.

Como funciona a indexação no Google?

O Google possui os indexadores de resultados chamados de Googlebot. Através destes bots ele consegue encontrar seu site e assim você será classificado em alguma posição da página de resultados da pesquisa (SERP) e através do SEO para sites você pode aumentar seu posicionamento no Google.

O objetivo de todos é sempre aparecer na primeira página como primeira opção, pois os primeiros resultados normalmente possuem grande quantidade de acessos.

Como o Google enxerga um site?

O Googlebot não enxerga nada além de textos e códigos, por isso se você tem imagens no decorrer de suas páginas, é importante para a otimização dos resultados que elas estejam com o atributo alt preenchido, assim os bots do Google poderão entender do que se trata sua imagem.

Se você não usar a descrição de texto alternativo, o Google verá aquele espaço da imagem como um local em branco do site, sem conteúdo relevante para exibir e poderá penalizar sua classificação e todo seu SEO para sites.

Como subir para as primeiras posições?

Defina suas palavras-chave – O Google e os buscadores trabalham com palavras-chave. Quando um usuário pesquisa por um termo, os buscadores utilizam o termo do usuário e pesquisam na sua base de dados qual sites possuem relevância no posicionamento para aquela pesquisa.

Quanto maior sua classificação, mais ao topo dos resultados você ficará. Se sua classificação for boa, aparecerá nas primeiras posições da página de resultados. Invista em boas palavras-chave para aumentar seu posicionamento no Google.

Foco na qualidade do conteúdo – Os algoritmos do Google procuram identificar conteúdos de baixa qualidade e reduzem sua importância na página de resultados (também chamada de SERP). São considerados conteúdos de baixa qualidade, textos que sejam cópia de outros lugares, páginas com pouco texto e que não esclarecem as dúvidas do cliente, páginas que o cliente logo perde o interesse.

Títulos Internos – O título interno é o que aparece quando você está na página. Você sendo apenas um usuário, pode nem perceber, mas nas páginas que você visita existem diversos títulos que são usados a fim de melhorar o SEO para sites.

No HTML, temos os chamados headings (títulos) sendo o H1 o título da página e H2 ao H6 os subtítulos. O título H1 é o que tem maior relevância para o Google e não deve ser usado mais de uma vez em uma página, mas tanto H2 como H3 são importantes também. A partir do H4, os headings são apenas estéticos do ponto de vista de SEO para sites, mas você ainda pode usá-los para manter seu código bem estruturado e organizado.

Título SEO – Este título normalmente terá menos caracteres (no máximo 60, contando espaços junto) e serve pra você chamar a atenção do visitante mas principalmente para alcançar o topo. Nele, você deve colocar por primeiro suas palavras chave e então algo que atraia o usuário para entrar em sua página.

Use URLs amigáveis – Quanto mais amigável por sua URL, melhor seu rankeamento no Google e sua estratégia de SEO para sites. Uma URL não amigável poderia ser exemplo.com/serviços/página.php?id=3. Note que há 3 coisas ruins nessa URL, que a tornam feia.

Para deixar esta URL mais amigável ao SEO para sites, siga as dicas:

  • Não usar caracteres especiais como acentos, cedilhas, e outros que não sejam do alfabeto normal;
  • Evitar o uso de parâmetros como IDs na URL;
  • Evitar o uso de números nas URLs;
  • Retirar a extensão do arquivo na URL;
  • Adicionar a palavra-chave na URL;
  • Não ter muitos subdomínios

Seguindo estas dicas, poderíamos ter uma URL assim exemplo.com/criacao-de-ecommerce

Com este link, você com certeza seria melhor posicionado que com o primeiro.

Uso das palavras chave em sua página – É importante você usar sua palavra chave no título H1 e também em alguns H2 da sua página, porém você deve evitar forçar seu uso. Ao invés de se preocupar com o número de vozes que ela aparecer, busque usar sinônimos da sua palavra-chave pois isso tende a ser uma melhor.

Tempo de permanência na página – O tempo de permanência do usuário na sua página é levado em consideração pelo Google, afinal se a proposta dele é entregar conteúdo de qualidade para os usuários, quanto mais tempo os usuários passarem na página, maior a chance do conteúdo ser bom e relevante.

Otimização de imagens – Como dito anteriormente, é importante você realizar o preenchimento do texto alternativo das imagens, mas existem outras coisas pra você se atentar. Renomeie suas imagens para terem ligação com o texto alt que você fizer.

Além do nome, fique atento também para imagens que estão muito pesadas e considere a redução. Imagens pesadas provocam lentidão no carregamento de todo o site. Use sites como Squoosh e TinyPNG para comprimir suas imagens JPG e PNG e assim fazer com que seu site carregue mais rápido.

Design Responsivo – A maior concentração de tráfego da internet mundial está passando do computador para os celulares e pensando nisso, todos os sites deverão se atualizar para corresponder a um layout responsivo.

Outra coisa importante de falar é que o Google já considera o layout móvel como principal versão do site.

Tempo de carregamento – O tempo de carregamento do seu site é fundamental para o Google e para o usuário. Atualmente as pessoas não querem esperar mais que 6 segundos pelo carregamento de uma página.

Pensando nisso, o Google também mede o tempo de carregamento de sua página e prioriza ou desqualifica seu resultado com sites de resultado semelhantes ao seu.

Descrição meta – A descrição meta já não tem o mesmo papel fundamental para o SEO e não é mais um fator de ranqueamento direto, mas ainda assim você pode usar dela para ajudar o usuário a se interessar pelo seu site na SERP.

Busque usar suas palavras-chave na descrição pois elas aparecem em negrito se forem semelhantes ao que o usuário pesquisou. Além disso, é um espaço que você tem para tentar convencer o leitor que seu conteúdo é bom.

 

Gostaria de ter seu site e-commerce focado em conversões? Entre em contato conosco e tenha seu site e-commerce montado de acordo com suas necessidades.

Últimas postagens

Solicite agora um orçamento do seu site focado em vendas

Obrigado pela sua mensagem. Em breve retornaremos o contato.
Erro. Favor verifique a sua conexão com a internet e envie novamente.

Outros serviços

material gráfico

Material Gráfico

serviços  marketing digital

Marketing Digital

serviços manutenção de sites

Manutenção de sites

serviços e-commerce

Sites E-Commerce

serviços google

SEO e Anúncios Google

Cases

Facebook

Onde nos encontrar

 Rua Gomes Jardim, 49, Sala 301, Centro,
Novo Hamburgo - RS

Nos acompanhe

WhatsApp

Solicite agora um orçamento que atende suas necessidades

Obrigado pela sua mensagem. Em breve retornaremos o contato.
Erro. Favor verifique a sua conexão com a internet e envie novamente.